quarta-feira, dezembro 20, 2006

Nádija Cristina B. Carvalho

O processo de desenvolvimento humano requer uma ação efetiva de ensino e aprendizagem capaz de gerar a modificabilidade do ser. O ser humano aprende por interação, porque ele nasce com a fonte de conhecimento, que é pessoal e subjetivo, mas é preciso interagir com outros sujeitos e objetos para que o conhecimento ocorra, desde o inicio, o sujeito age e, por isso, desenvolve estruturas que lhe permitem transformar o meio e a si próprio, onde a interação social favorece a aprendizagem.
Segundo Piaget, as estruturar de conhecimento não são dadas na bagagem hereditária nem por forca da pressão do meio físico ou social, mas são resultados de um processo de interação entre o mundo do sujeito e do objeto, um sujeito totalmente ativo. Ele afirma também que sem aprendizagem o desenvolvimento é bloqueado e esse desenvolvimento é a condição prévia da aprendizagem, considerando que pensar é agir sobre o objeto e transformá-lo.
As práticas utilizadas nesse sistema são variadas e flexíveis, dotadas de um sentido real, onde busca desenvolver esquemas de assimilação da criança, propondo atividades desafiadoras que provoquem desequilíbrios e reequilibrações sucessivas, promovendo a construção do conhecimento, o professor coordena situações favoráveis à aprendizagem, onde o conhecimento que não segue uma única linha de aprendizagem torna-se cada vez mais amplo.
São utilizadas como pretextos para a aprendizagem e o desenvolvimento as dinâmicas de grupos e debates, em que os alunos dividem responsabilidades para chegarem a um objetivo, a intenção é que eles tenham a curiosidade instigada, aprendam a lidar com a vida coletiva em sociedade e se formem pessoas críticas na busca constante da construção da autonomia. É imprescindível que o professor permita a criança desenvolver suas próprias teorias de aprendizagem garantindo assim o raciocínio da mesma, segundo Piaget se ensinamos prematuramente a uma criança algo que ela poderia ter descoberto por si mesma, esta criança foi impedida de inventar e entender.
Bibliografia:
DOURADO, Emanuela O. C. Ampliando o olhar – as dinâmicas e as Teorias do conhecimento. In: --As dinâmicas de grupos e a formação dos professores. Monografia apresentada e UNEB, 2004. (não publicada). P. 35-44.

www.google.com.br

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home